Tratamentos: Saiba como é tratado o Pé Torto

Você sabia que pé torto é um defeito congênito de nascimento e pode influenciar na altura de um indivíduo?

Muitas crianças nascem com o posicionamento dos pés em forma de arco ou com os pés virados para dentro. Essas características são de uma doença genética comum e que se não tratada adequadamente pode gerar desconforto para o indivíduo e até mesmo alterações mínimas na sua estatura.

Acredita-se que a genética é o principal motivo para que uma criança desenvolva a doença. Se o pai ou a mãe da criança possui pé torto, há chances de ela nascer com a mesma doença.

Esse defeito genético ocasiona mudanças na postura, posição desajeitada para caminhar, artrite, feridas nos pés, entre outros desconfortos. Porém com o tratamento adequado a posição para caminhar e ficar em pé podem melhorar. O tratamento deve ser feito ainda na infância com o uso de moldes de gesso (tratamento Ponseti), nos casos mais simples, ou até mesmo cirurgias, nos casos mais graves.

Apesar de ser uma doença comum, a maioria dos casos de pé torto não é tratada e assim a qualidade de vida do indivíduo pode ser prejudicada. Vale lembrar que todos os casos devem ser analisados por médicos para que se tenha o melhor diagnóstico e tratamento possível.

Comentários no Facebook