Sinais de doenças que aparecem primeiro nos pés

Todo o esgotamento físico, energia, cansaço e peso do corpo estão apoiados sobre os pés, apesar de esquecermos os cuidados, eles podem apresentar sintomas de doenças muito antes do seu surgimento e aparecimento por outras partes do corpo.

A mais conhecida das doenças que se manifestam também através dos pés é a diabete. Os tipos mais comuns são tipo 1 e tipo 2, caracterizadas pela hiperglicemia e intolerância à glicose. O pé diabético é a infecção, ulceração ou destruição dos tecidos dos membros desses pacientes.

Os pés estão em contato direto com contaminações e vírus e este é um dos fatores que contribuem para o surgimento de neuropatias, angiopatia, infecções e dificuldade de cicatrização, que muitas vezes podem levar a amputação do membro ou mortes.

 Uma das maiores causas de internação e cirurgias entre pacientes diabéticos está às úlceras nos pés. A alta taxa de glicose no sangue faz com que os vasos sanguíneos fiquem lesionados e diminui a circulação do membro. Entre os sintomas do pé diabético estão dormência, dores agudas, sensação de queimação, perda de sensibilidade e ainda a dificuldade de cicatrização de lesões ou cortes.

 Outros fatores que também contribuem diretamente para agravar a saúde dos pés são o tabagismo, doenças arteriais e dislipidemias, que associados a diminuição de mobilidade podem levar a lesões articulares.

 Algumas características das unhas também podem mostrar o surgimento de doenças, a evidência principal está na curvatura. Nas doenças cardíacas, por exemplo, as unhas se curvam para baixo. Nas doenças renais, tireoide e diabete, o corpo das unhas apresenta um espessamento das lâminas. Já uma pessoa com anemia apresenta a unha em forma de telha.

 Os podologistas orientam sempre prestar atenção em cada mudança ou alteração de coloração das unhas, escamação de pele e tumores que venham surgir nos pés. E qualquer sintoma que possa indicar alguma doença procure um médico.

Posted in:

Comentários no Facebook